Post desabafo: fornecedores "estrelinhas"

Gente, não sei se isso acontece com vcs também ou se não tenho dado sorte. Mas não é a primeira vez que um fornecedor (e olha que esse nem é do grupo TOP, não que isso justifique) dá um ataque de estrelismo comigo. O primeiro já contei aqui no blog e veio de um maquiador beeeeem queridinho das noivinhas. A segunda foi hoje, uma doceira que tenta chegar a ser uma das bambambans do quesito, mas está longe disso. (Depois que comparei todas as tabelas de preços, uma a uma, vi que a danada era mais cara em vários itens que a Ana Foster, que tem um atendimento impecável e nome no mercado).

Deixa eu explicar: estou iniciando os contatos para degustação de doces, pois quero contratar alguns a mais para uma mesa de doces bem farta, aquela dos meus sonhos. Já fui super bem atendida por algumas, retirei degustações e foi tudo certo (Laís Pizeta, beijo pra vc! Super indico!). Com uma delas, iniciei uma conversa há pouco tempo, a mesma me convidou para uma degustação coletiva com outras doceiras, dizendo que eu tinha que responder o mais rápido possível, pois ela praticamente não tinha mais vagas (Aham, Claudia. Senta lá!), isso umas 3 semanas antes do evento. Respondi educadamente que faria todo o possível para ir, pedi para me incluir no evento e me passar os detalhes, sim, o endereço só é divulgado se vc confirmar, ou seja, se for lá na Vargem que o Partiu já que Barra é MUITO VAGO, se vira, filha, e vá! Pois ela ficará MUITO brava se acontecer qualquer imprevisto e você não puder comparecer. A resposta que tive foi basicamente esta: "querida, preciso que vc me dê certeza absoluta que vá, pois estará tirando a vaga de outro casal interessado e as vagas são super limitadas! Quando será o seu casamento???". Achei de uma grosseria absoluta. Então eu me disponho a dirigir até a Barra, para pegar ou provar na hora uma caixinha com meia dúzia de doces e ser tratada dessa forma? Deixando claro que só pensa em fechar contratos imediatos sem se preocupar com clientes em potencial, já que meu casamento ainda está longe? Senhora fornecedora, sinto informar que está limada do meu futuro checklist. Tenho abuso de fornecedor que destrata noiva. Cara, vc gasta horrores com seu casamento, paga absurdos por um reles cento de doce e vem alguém e te fala que não pode ter uma caixinha de degustação sobrando? Sim, pois este seria o enorme prejuízo da fornecedora com um possível imprevisto de qualquer noiva, ter uma reles caixinha que seria retirada posteriormente ou passada pra frente.



Ninguém confirma um evento pensando em faltar. Sei que os fornecedores também tem um mega trabalho para organizar uma feira, um workshop ou uma degustação coletiva. Eu realmente estava disposta a ir, respondi que faria tudo para tal pois não sabia (e não sei até o momento) o endereço, horário e etc. Mas acho que bom-senso e educação são requisitos mínimos no trato com as pessoas. Ela poderia ter dito a mesma coisa de mil formas, explicado a situação e sugerido retirar uma caixinha na casa dela, se fosse o caso, até em outra data, mas não. Já que ela é tão disputada assim, faço os meus doces com outra pessoa, que esteja realmente interessada em me atender bem. Então a lógica do mercado é invertida, eu, cliente, tenho que ficar bajulando fornecedor pra conseguir uma amostrinha dos seus serviços? Neguinho se valoriza demais, literalmente "se acha" e não tem noção do poder que hoje as noivas têm, com seus blogs, grupos de noivas, e suas recomendações positivas ou não. Tem mil pessoas com ótimos serviços e um excelente atendimento doidinho pra fisgar o cliente alheio. E ainda tem gente de palhaçada?? Ahhh, tenha dó!

#prontofalei

E-mail Del.ici.ous BlogThis! Technorati Compartilhe no Twitter StumbleUpon Compartilhar no Facebook Promova este post no orkut Share to Google Buzz

Strip-Tease no Casamento?



Apesar desse papinho mulherzinha que rola aqui, esse ainda é um blog de MACHO!! (Brincadeirinha, Amor!!).

Vendo alguns sites e procurando as opiniões masculinas sobre o assunto, achei um vídeo de doido. Depois falam de brasileiro.

Sinceramente, o casamento não é para todos. Você querer colocar artigos que denotam a sua personalidade, tudo bem. Agora desvirtuar todo o conceito ligado a cerimônia para mostrar que é “moderninho” aí é demais. Não é a intenção parecer puritano, mas as pessoas exageram. Na boa!!

O casal aqui resolveu contratar duas mulheres para fazer strip-tease no meio da festa. Isso passando crianças e várias tiazinhas sentadinhas. Perto do 1:50 você vê o casal de noivos sentados curtindo. Só tem maluco no mundo mesmo!!

Se você só vê o primeiro vídeo, vai achar que é um vídeo de zoação. Que não existiu e foi montagem. Só que o segundo vídeo dá para ver que ocorreu mesmo um casamento.

Parte com Strip no meio da festa, com as crianças passando e as vovós aos fundo.



Vídeo com os melhores momentos do casamento. Parece um vídeo como outro qualquer no início.


E-mail Del.ici.ous BlogThis! Technorati Compartilhe no Twitter StumbleUpon Compartilhar no Facebook Promova este post no orkut Share to Google Buzz

22 noivas e um vestido

Um mesmo vestido, 22 noivas, inúmeras gerações e uma tradição. Já pensou em se casar, sabendo desde menina o vestido que iria usar? Parece impossível, não? Pois para 22 mulheres de uma mesma família, isso foi realidade. O vestido foi confeccionado em 1910, para o casamento de Beatriz Studart, moça de família tradicional de Manaus. Para famílias abastadas, o costume da época era viajar para a Europa em busca de vestidos para o grande evento. Sendo assim, o vestido foi importado de Bruxelas, capital da Bélgica.



Todo confeccionado em renda, com desenhos de flores e folhas bordadas à mão, o vestido daria início ali a uma história que atravessaria o tempo e futuras gerações da família Franco de Sá, vestindo 22 de suas descendentes, em mais de 3 estados brasileiros. 

A primeira herdeira do vestido foi a primeira filha de Beatriz, Klarisse Franco de Sá, que casaria 30 anos depois, em 1941. E desde então, vestiu todas as demais noivas da família. 
“Minha vó Klarisse teve seis filhos, e minha mãe foi a primeira que usou o vestido. Depois dela todas as sobrinhas, netas e bisnetas usaram ele”, diz a empresária Annik Valentine, que em 1987 casou com a mesma peça. “ A minha mãe foi a primera da terceira geração que usou o vestido e eu a primeira da quarta geração”, conta. Para resistir ao passar do tempo e ao enorme número de casamento pelos quais passou, o vestido é guardado seguindo uma tradição que também atravessa o tempo: depois de usado, deve ser lavado com água da chuva e guardado envolvo em papel de seda azul, para não amarelar a renda.  Embora vestindo tantas noivas, passou por pequenas alterações ao longo do tempo, como a adição de um laço, troca de forros e pequenos ajustes para se adequar às diversas silhuetas das noivas. A próxima noiva da família o usará em breve, pois está de casamento marcado para 2014.





Confesso que achei a história linda, de um valor sentimental tremendo. Deve ser uma emoção ainda maior usar um vestido com tamanho significado, que vestiu sua mãe, sua avó, tias e primas, desde que voluntariamente, é até uma tradição bem bonita de manter. No entanto, não acho legal se for algo imposto, tipo: o vestido é esse e acabou. Acho que cada noiva deve ter total liberdade para escolher aquele que bem quiser. Imaginem só, vc esperar a vida inteira por esse dia e alguém vir e decidir o vestido por vc???? Sem chance, né? Caso eu fosse uma noivinha dessa família, era bem capaz de ser a transgressora e romper a tradição, pq não gostei muito do vestido, não! rsrs Ah e basta saber se o vestido deu sorte às noivinhas, né? Nesse ponto tão importante, a reportagem do Fantástico não tocou! rsrs

Fonte: Fantástico exibido em 24/02/13

E-mail Del.ici.ous BlogThis! Technorati Compartilhe no Twitter StumbleUpon Compartilhar no Facebook Promova este post no orkut Share to Google Buzz

11 coisas e perguntas sobre mim! :)


A Pri, do A jornada pelo nosso casamento em SP me indicou para responder essa tag, fiquei muito feliz! 


Bem, tenho que contar 11 coisas sobre mim:

- Sou formada em Comunicação Social e pós-graduada em Marketing;
- Sou viciada na leitura de revistas de comportamento, moda e estilo;
- Sou escorpiana daqueles bem típicas: intensa e teimosa;
- Não sei cozinhar, mas estou tentando aprender;
- Detesto tarefas domésticas;
- Sou mega perfeccionista e exigente comigo mesma;
- Adoro crianças;
- Amo ler e estudar;
- Pretendo me graduar novamente, em Psicologia;
- Adoro filmes e seriados;
- Amo viajar e uma boa praia, como boa carioca que sou! rsrs     

E responder as 11 perguntinhas abaixo:

1- O que você acha cafona?
R: Acho cafona quem é vítima da moda, usa algo que não favorece só porque é tendência;

2- Qual foi o melhor e pior produto de cabelo que você usou?
R: O melhor produto utilizado recentemente foi o óleo de Argan Moroccanoil e isso porque óleos nunca funcionaram no meu cabelo, que é liso e com a raiz oleosa. Muito bom, recomendo. Quanto ao pior, não se trata nem de ser um mau produto, mas essa marca não dá certo com o meu cabelo, que é a linha Garnier Fructis. Fica um mafuá que só Jesus! kk



3- Qual é o seu sonho de consumo quando o assunto é maquiagem?
R: Qualquer item da MAC, Lancome, Dior e Chanel.

4- Na hora de se maquiar, você costuma criar as suas maquiagens ou você copia de algum lugar?
R: Faço sozinha, mas confesso que ando vendo uns tutoriais na internet para me inspirar! rsrs

5- Você já teve algum acidente capilar? Tipo corte, químico, coloração errada.... 
R: Vááários. Quando era novinha, errei o tom e o cabelo ficou laranja. Já tive meu cabelo  quase queimado e saindo fumaça com reflexo mal feito em um salão, pois é muito fininho. Chorei e tudo! kkk Mas há alguns anos tenho uma cabeleireira maravilhosa que não vivo sem! E desde então, tá tudo certo!

6- O que você não usaria de jeito nenhum?
R: Sei que estão na moda, mas detesto sneakers. Podem me matar! rsrs

7- Quais Blogs de beleza que te inspiram?
R: Os tutoriais de maquiagem da Camilla Coelho, do Super Vaidosa.

8- Qual o seu item de maquiagem preferido?
R: blush, sem dúvida!

9- Você já passou por alguma saia justa no seu Blog?
R: Até agora, não. E espero que continue assim.

10- Como você escolhe os posts que serão publicados em seu Blog?
R: Bem, meu blog é feito a 4 mãos né, eu e o Marcelo nos revezamos nos posts e a temática é o mundo dos casamentos, seja o nosso planejamento em si, ou inspirações diversas sobre o tema.

11- Nos conte uma super dica de beleza.
R: Bepantol líquido para hidratar os cabelos e shampoo Johnson como demaquilante. Funciona! 

Os blogs indicados são:
Dai, do Vivendo um Amor
Roberta, do Roberta & Rodrigo
Bárbara, do Aventuras da Noiva
Mari, do Finalmente Noiva


E-mail Del.ici.ous BlogThis! Technorati Compartilhe no Twitter StumbleUpon Compartilhar no Facebook Promova este post no orkut Share to Google Buzz

Para Sonhar: Marcelo Jeneci



Quem acompanha o blog sabe que adoro o programa Chuva de Arroz, do Gnt. Da abertura a escolha dos casais, acho tudo de extremo bom gosto, sempre choro quando assisto! Inspirador demais! Rsrs E como não poderia ser diferente, gosto muito do tema de abertura, a música “Para Sonhar”, do Marcelo Jeneci. O autor compôs a letra sobre o próprio casamento e é linda, linda! Adoro essas canções que me lembram cantigas de roda, e, de quebra, falam sobre o Amor (com letra maiúscula mesmo).


Queria muito que nosso pocket vídeo de casamento tivesse essa trilha, mas o Marcelo não gosta muito (já estou mudando isso! Rsrs). Mas isso negociaremos com o tempo, já que 90% das músicas da cerimônia foram escolhidas por ele, são de grupos e estilos musicais que ele gosta e por mim, tudo bem (sim, isso se chama “chantagenzinha” rsrs). Ele é muito mais ligado em música do que eu e mesmo não conhecendo bem algumas delas, achei todas lindíssimas.


Para divulgar a música, o autor promoveu uma ação na internet que propunha o envio de cenas de casamentos reais e o resultado você confere no vídeo abaixo. Lindooo demais!






A fotógrafa Fernanda Ferraro teve um vídeo lindo de casamento, cuja trilha foi essa canção. Reparem que fofo o momento em que ela homenageia os avós, que estavam fazendo bodas de ouro, 50 anos de casados! Achei o máximo. Ter momentos registrados como esse, realmente não tem preço. Quem quiser conferir, o link do vídeo é este abaixo.



 

Segue a letra da música para inspirar os casais:



"Quando te vi passar fiquei paralisado
Tremi até o chão como um terremoto no Japão
Um vento, um tufão
Uma batedeira sem botão
Foi assim viu
Me vi na sua mão

Perdi a hora de voltar para o trabalho
Voltei pra casa e disse adeus pra tudo que eu conquistei
Mil coisas eu deixei
Só pra te falar
Largo tudo

Se a gente se casar domingo
Na praia, no sol, no mar
Ou num navio a navegar
Num avião a decolar
Indo sem data pra voltar
Toda de branco no altar
Quem vai sorrir?
Quem vai chorar?
Ave maria, sei que há
Uma história pra sonhar
Pra sonhar

O que era sonho se tornou realidade
De pouco em pouco a gente foi erguendo o nosso próprio trem,
Nossa Jerusalém,
Nosso mundo, nosso carrossel
Vai e vem vai
E não para nunca mais

De tanto não parar a gente chegou lá
Do outro lado da montanha onde tudo começou
Quando sua voz falou:
Pra onde você quiser eu vou
Largo tudo

Se a gente se casar domingo
Na praia, no sol, no mar
Ou num navio a navegar
Num avião a decolar
Indo sem data pra voltar
Toda de branco no altar
Quem vai sorrir?
Quem vai chorar?
Ave maria, sei que há
Uma história pra contar

Domingo
Na praia, no sol, no mar
Ou num navio a navegar
Num avião a decolar
Indo sem data pra voltar
Toda de branco no altar
Quem vai sorrir?
Quem vai chorar?
Ave maria, sei que há
Uma história pra contar
Pra contar"



E-mail Del.ici.ous BlogThis! Technorati Compartilhe no Twitter StumbleUpon Compartilhar no Facebook Promova este post no orkut Share to Google Buzz

Camisas Sob Medida


Se você pensa como eu em mandar fazer uma camisa sob medida, precisa saber alguns pontos para efetuar o pedido com o alfaiate. Provavelmente ele irá te perguntar esses itens e você precisa saber o que ele está falando. Isso para não ficar duas horas na dúvida e/ou então ficar concordando com tudo sem saber o que é na verdade.

Uma boa camisa deve ser feita de tecidos naturais (lembram no posto do terno) de 100% algodão ou fibras naturais. Existem diversas opções de cores e texturas, o ideal é ver no alfaiate e escolher com ele a melhor opção para você.

Como o nome já diz, a camisa irá ter as suas especificações nos seguintes itens:


1)   Colarinho: Já falado aqui, mas é bom ressaltar que deve ser do tamanho do seu pescoço com um dedo de volta. Lembre-se de pedir o botão mais largo para abotoar mais fácil.

2)   Ombros: Ele irá medir também e será na medida exata do seu ombro. Para saber é só passar a mão no ombro e ver exatamente a ponta da clavícula. A costura para o caimento vai ao final do acrômio.

3)   Tórax: Não pode sobrar tecido aí. Quando compro uma camisa em loja, logo percebo a diferença. Fica uma sobra de pano depois de colocar a camisa para dentro da calça. Na sob medida isso não existirá.

4)   Manga e Punho: com o botão aberto, estique o braço. O ideal é que o punho esteja uns 2 ou 3 cm abaixo do seu pulso (com as mãos fechadas). Existe o Punho Simples com botão e Punho duplo para abotoaduras. O punho ideal é de 5 cm a mais que  a medida exata do seu punho. Os com botão tem uma variação de modelos.

5)   Corpo: O corte deve ser mais justo ao seu corpo, não apertado, mas próximo ao corpo.

6)   Frente da Camisa: Poderá ser com dupla costura (militar), a frente lisa e outra opção com os botões embutidos.


7)   Bolsos: Para o casamento o ideal é não ter o bolso, acho que fica mais bonita. Mas se quiser tem as opções. É comum colocarmos as iniciais também, fica personalizado e bem original.



8)   Barbatanas: elas vão em uma abetura por dentro do colarinho e servem para deixá-lo rígido. Existem vários materiais e até de prata. Pode ser de plástico que está bom para caramba.



9)   Pregas: O objetivo e ver o que melhor se adéqua ao seu corpo e pense sempre no conforto acima de tudo. Existe a central (estilo americano), a dupla (estilo britânico) e a sem pregas ou costura livre.



Nos tecidos existe uma variação gigantesca. Só vendo mesmo para ter uma ideia. Vão aqui alguns casos mais famosos para já ir escolhendo:



1)   Herringbone ou Escama: Esse desenho é um clássico. Muito usado nas camisas masculinas por ser uma alternativa aos tecidos lisos. Vai bem tanto no social como no casual.

2)   Tricoline: É um dos tecidos mais utilizados em camisaria. Sabe aquela camisa básica    branca (bem branca)? Em 99% dos casos é feita de tricoline. Neste caso a qualidade do algodão pode variar, desde o algodão básico ao algodão egípcio.

3)   Fil a Fil: Tecido composto por um fio tingido da cor predominante do tecido e outro fio branco, produzindo um efeito mesclado ao tecido. Toque suave e agradável para usar durante o ano todo.

4)   Oxford: Tecido encorpado de origem inglesa. O entrelaçamento dos fios é composto sempre por um fio branco e outro colorido formando um efeito cheio de pontinhos no tecido. Diferentemente do fil a fil, o oxford é um tecido bem encorpado e muito usado na camisaria esporte.

5)   Pin Point: Semelhante ao oxford porém com um toque mais suave e os pontos do tecido são menores.




Fontes: 
Camisaria D`Carlos – www.dccarlos.com.br 
Turquesa São Paulo – www.turquesasp.com.br 
Kaffe – www.kaffe.com.br

E-mail Del.ici.ous BlogThis! Technorati Compartilhe no Twitter StumbleUpon Compartilhar no Facebook Promova este post no orkut Share to Google Buzz

Músicos para cerimônia religiosa - Checked!

Gente, venho com uma felicidade IMENSA compartilhar com vocês, mais um item fechado no nosso cheklist: os músicos da cerimônia religiosa!

Nossa querida igrejinha possui um fornecedor exclusivo para este item e no início, ficamos um pouco desconfiados, pois afinal de contas, não deixa de ser uma imposição, né? Até poderíamos escolher outro externo, mas teríamos que efetuar o pagamento de uma taxa de R$ 300,00. Então, antes de qualquer coisa, agendamos uma visita para verificarmos o trabalho, valores e condições de pagamento.

Fomos à casa da Sonia Katz, e ficamos ENCANTADOS com o trabalho dela. A empatia foi imediata, fomos extremamente bem recebidos, ela sanou todas as nossas dúvidas e ainda nos deu dicas e sugestões com uma atenção e paciência indescritíveis! Tocou diversas músicas para que nos decidíssemos e inclusive uma das que queremos e ela não possui em seu repertório, disse que conseguiria o arranjo sem problemas! A Sonia foi violinista durante 20 anos da Orquestra Sinfônica Brasileira, além de ser Doutora em Música. E mesmo assim é de uma simplicidade incrível, adoramos o atendimento e o trabalho dela.

Nos sugeriu os instrumentos sem impor nada e o valor cobrado é bem abaixo de tudo que cotamos com outras formações de músicos. E com uma quantidade de instrumentos bem superior. Teremos seis, o órgão que já faz parte da igreja, trompete para fanfarra e músicas, e um quarteto de cordas. Além do talento e profissionalismo, a Sonia ainda conta com uma surpresinha muito fofa para as noivinhas, por um precinho bem camarada. Não posso contar para não estragar (aii que vontade! rsrs)! rsrs Não há como não se encantar. Muito emocionante escolher as músicas para esse momento tão importante e o que posso dizer é que a trilha ficou com a nossa carinha, bem personalizada mesmo.

Indico MUITO a Sonia. Ela dá prioridade para os noivos da Santa Cruz dos Militares, por ser exclusiva deles, mas creio que também faça casamentos em outras igrejas e casas de festas. O pagamento é super facilitado e muito flexível. Nossa casamento terá músicas clássicas e contemporâneas e o repertório dela é muito vasto, agradando a todos os gostos. Quem tiver interesse, os contatos dela seguem abaixo. Ela recebe as noivinhas em sua casa, no Flamengo.



E-mail: sonia.katzfeldstein@gmail.com
tels: 21 25569272 / 21 81035931 


E-mail Del.ici.ous BlogThis! Technorati Compartilhe no Twitter StumbleUpon Compartilhar no Facebook Promova este post no orkut Share to Google Buzz

Dúvidas que podem surgir ao comprar ou alugar um terno para o Casamento


Quem nunca foi em uma loja e ficou morrendo de vergonha, pois o vendedor começou a falar várias especificações do produto que não sabíamos?


Para quem não conhece nada sobre os detalhes, vou separar alguns pontos que são importantes e para não ser enrolado no aluguel ou compra.

Tecido
Primeiro de tudo é o tecido. Existem os ternos de tecidos sintéticos (mais baratos) e os de lã fria (mais caros). Nas grandes lojas como Boreli, Dartini, Colombo... os mais em conta são na faixa de R$ 200.  Esses não são de tecidos naturais e sim sintéticos, poliéster e na maioria são de microfibra e/ou viscose. Você logo perceberá por um brilho diferente nas peças.

A outra opção e com melhor caimento temos os de lã fria, que você logo ouvirá nas lojas com os nomes de “Super + uma numeração”. Vai de Super 100 em diante (120, 200...) nesse temos 100% de lã e sem tecidos sintéticos. Quanto maior o número, mais fino e menor a vida útil do terno.

Cuidado nesse caso, pois tem lugares que vendem um Super e você vai ver na etiqueta que a composição tem tecido sintético, o que é um erro. Já ouvi falar que é o Super 80, o que para mim soa estranho. Super para mim é de 100% lã.

Se puder comprar vá de um Super 100 que será um excelente investimento e muito elegante.

Drop
Essa é a diferença entre o paletó e a calça. Normalmente uma calça 40 acompanha um paletó 46 (Drop 6), uma calça 50 acompanha um paletó 54 (Drop 4). Agora se ouvir isso não ficará perdido.

Texturas
São os desenhos que o tecido possui. É só olhar em uma vitrine de uma loja típica de ternos, como a Vila Romana ou Saint Gall e verá essas diferenças abaixo.



Risca de Giz
Como o nome diz, riscas brancas sobre um fundo escuro, em geral marinho, cinza ou preto. Clássico incontestável, foi o favorito de Al Capone.

Olho de Perdiz
É um tipo de tweed mais plano. É outro clássico e leva esse nome pois seu desenho se assemelha ao olho da ave. Geralmente aparece nos tons de cinza e azul. É mais discreto que os padrões listrados.

Príncipe de Gales
É, na verdade, um padrão sobrequadricular por cima de uma quadrícula. Foi lançado como moda por Eduardo VII, quando Príncipe de Gales. Muito usado para ternos, blazers ou calças avulsas,é comum em lã, mas também pode ser visto em linhos ou tropicais. É bem bonito, mas nem o príncipe Charles usa sempre hehe
No casamento acho que não compete.











Corte
Já falei aqui, mas não sobre todas as possibilidades. São eles:

Clássico ou Americano
Mais reto e melhor para quem está mais acima do peso. Tem uma abertura apenas atrás e se for muito magro, vai parecer que o defunto era maior.


Inglês
Mais solto e mais acinturado e a parte do peito é mais justa e as ombreiras são menos marcadas.




Italiano ou corte Europeu
O mais jovial e o mais fácil de encontrar. Por ser mais acinturado dá a impressão de sermos mais fortes e tem duas aberturas atrás (fendas). Bom para os magrinhos.
Esse é o que eu acho ser a melhor opção e será a minha.




Slim Fit
Não chega a ser um corte, mas são os novos ternos mais justos ao corpo. É o que está na moda no momento e para usar tem que estar na capa do Batman. É um terno marcado e acho que não pega bem para a festa. Isso porque estou falando de um terno pronto, se fosse sob medida eu até falaria que estaria OK. Agora achar um na loja exatamente nas nossas medidas!? Seria um achado mesmo.




Não posso esquecer!!
Faça isso tudo bem delicadamente para não cagar todo o trabalho que teve em comprar o terno.

- Abrir os bolsos e retirar a linha que fecha.
- Abrir as fendas (aberturas de trás) do terno e tirar a linha.
- Retirar a etiqueta da loja que fica normalmente na manga esquerda.


Gente, é isso. Espero ter lembrado de tudo e ter ajudado!!

E-mail Del.ici.ous BlogThis! Technorati Compartilhe no Twitter StumbleUpon Compartilhar no Facebook Promova este post no orkut Share to Google Buzz

Doces - Dicas de Fornecedores

Tenho total loucura pela mesa de doces dos casórios. Considero um dos itens mais importantes da festa e quero uma bem bonita e farta no meu casamento, daquelas que as pessoas levam os docinhos para casa sem miséria e ainda sobra um pouquinho para os noivos! rsrs A quantidade recomendada de doces por pessoa é em média de 6 a 8 por convidado. Há controvérsias sobre quais itens influenciam nessa relação, como as bebidas servidas e o fato do buffet servir ou não sobremesas. Algumas doceiras afirmam que influencia, outras não. Para não errar, o recomendado é a proporção citada acima.

Esse item é daqueles em que facilmente perdemos o controle, diante de tantas opções de doces lindos e muito, muito gostosos! rsrs As degustações nesse campo costumam ser bem generosas também. Nessas horas é bom ter o noivo por perto para dar um freio, sob o risco da quantidade de doces por pessoa ficar absurda e desnecessária (e cara). No meu caso, a casa de festas fornecerá doces e chocolates, mas irei contratar mais alguns para compor a mesa e ter a relação indicada.

Alguns fornecedores são super badalados e comentados em blogs e por isso não irei me ater a eles, pois acho que tudo já foi dito, como é o caso da Louzieh, Ana Bahri, Le Chocolat. Sem dúvidas são ótimos e valem o quanto pesam, pois realmente não são baratos. Eu, particularmente, considero os doces da Lívia Félix e da Laís Pizeta algumas das melhores relações custo-benefício do mercado, além das ótimas referências. São lindos, gostosos e a preços acessíveis. Estou apaixonadíssima pelos doces da Laís, são super diferentes e muito bem acabados. Irei agendar uma degustação em breve. O único porém é que ela é de Niterói e não sei como funciona a questão da entrega na festa. Acredito que ou tenham que ser retirados lá ou que haja a cobrança de alguma taxa de frete. Assim que souber, aviso a vocês. Quem quiser as tabelas de preço atualizadas, é só enviar o e-mail.

Seguem fotos do talento das meninas:


Fonte da foto: https://www.facebook.com/LiviaFelixDocesChocolates

Fonte da foto: https://www.facebook.com/LiviaFelixDocesChocolates

Fonte da foto: https://www.facebook.com/LiviaFelixDocesChocolates
Fonte da foto: https://www.facebook.com/LiviaFelixDocesChocolates

Fonte da foto: https://www.facebook.com/LiviaFelixDocesChocolates
Fonte da foto: https://www.facebook.com/LiviaFelixDocesChocolates

Fonte da foto: https://www.facebook.com/lais.pizeta.5

Fonte da foto: https://www.facebook.com/lais.pizeta.5

Fonte da foto: https://www.facebook.com/lais.pizeta.5

Fonte da foto: https://www.facebook.com/lais.pizeta.5

Fonte da foto: https://www.facebook.com/lais.pizeta.5

Fonte da foto: https://www.facebook.com/lais.pizeta.5

Fonte da foto: https://www.facebook.com/lais.pizeta.5

Fonte da foto: https://www.facebook.com/lais.pizeta.5

Laís Pizeta
E-mail: laispizeta@hotmail.com
(21)7152-2099www.laispizeta.com.br

Lívia Félix
E-mail:liviafelix@gmail.com
21 78423466

E-mail Del.ici.ous BlogThis! Technorati Compartilhe no Twitter StumbleUpon Compartilhar no Facebook Promova este post no orkut Share to Google Buzz
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...